InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-se  
Tópicos similares
AlcainsAqui - GERAL
AlcainsAqui - GERAL
Últimos assuntos
Votação
Intervir em Alcains ! Qual a área mais importante ?
Cultura
50%
 50% [ 1 ]
Espaços Verdes
0%
 0% [ 0 ]
Segurança
0%
 0% [ 0 ]
Transportes
50%
 50% [ 1 ]
Urbanismo
0%
 0% [ 0 ]
Vias de Comunicação
0%
 0% [ 0 ]
Outra
0%
 0% [ 0 ]
Total dos votos : 2
Buscar
 
 

Resultados por:
 
Rechercher Busca avançada
Há por aqui

Compartilhe | 
 

 IC31 avança em 2010

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
HugoLeal ( AlcainsAqui )
Admin
avatar

Mensagens : 269
Data de inscrição : 03/06/2009
Localização : Alcains

MensagemAssunto: IC31 avança em 2010   Qui Set 03, 2009 6:20 am

Quatro novas Concessões Rodoviária

O Governo, através de um Despacho Conjunto dos Ministros de Estado e das Finanças e das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, mandatou a Estradas de Portugal para lançar quatro novas Concessões Rodoviárias até Junho de 2010 - Vouga, Serra da Estrela, Tejo Internacional e Ribatejo. Estas quatro concessões, que envolvem cerca de 800km de estradas para requalificar, conservar ou construir, são exclusivamente para impulsionar o desenvolvimento do interior, com o objectivo de aproximar os concelhos do interior dos principais eixos rodoviários, e do litoral. Com estas quatro concessões serão melhoradas as ligações de proximidade de mais de 30 sedes de concelho.



Fonte : http://www.moptc.pt/

Aqui está a novidade , ou seja segundo o M.O.P.T.C , a concessão deverá ser lançada até ao final do 1º Semestre de 2010.

A via será em perfil de Auto-Estrada , sendo que do outro lado da fronteira , as obras ( e as intenções ) andam a um ritmo bem mais avançado. O troço até Plascência está concluído , e a ligação , primeiro a El Batain e posteriormente a Cória está prestes a avançar , o que significa que teremos a Auto-Estrada do outro lado da fronteira , concluída dentro de relativamente pouco tempo.

Há também uma certa intenção por parte do Governo e ambição , nomeadamente de autarcas da Zona do Pinhal , em prolongar este Intenerário Complementar até ao IC8 em Pedrogão Grande. Também do lado espanhol esta intenção é vista com bons olhos , já que , curisosamente , a Figueira da Foz é o porto de mar e respectiva praia mais próxima de Madrid.



Registo para a Edição Reconquista 31-07-2008

IC31 avança em 2009

O IC31, que ligará a Castelo Branco até à fronteira com Espanha, pelas Termas de Monfortinho, deverá ser concessionada já em 2009. A garantia foi dada ao Reconquista pelo Secretário de Estado Adjunto das Obras Públicas, Paulo Campos.

A concessão do IC31 deverá ser lançada a concurso já no próximo ano. Isso mesmo garantiu ao Reconquista o Secretário de Estado Adjunto das Obras Públicas, Paulo Campos. À margem da apresentação do pacote de estradas do Pinhal Interior, aquele membro do Governo referiu que “a nossa expectativa é que até 2009 possa ser lançada a concessão do IC31”

Aquela via, em perfil de auto-estrada já tinha sido considerada pelo Plano Regional de Ordenamento do Território, como uma via estratégica para a região centro do país. A garantia do Secretário de Estado foi também transmitida aos autarcas da região, no passado domingo. Aquele responsável não esconde a ideia do próprio IC31 se prolongar para a Zona do Pinhal.

“Existe uma enorme vontade do Governo para resolver a questão do IC31. Em conversas que tenho mantido com membros do Governo com influência sobre esta matéria, aquilo que me foi transmitido é que existe vontade em avançar com a obra. Estou convencido que em 2009 haverá condições para se lançar a concessão da obra”, assegura Joaquim Morão, presidente da Câmara de Castelo Branco.

É desta forma que Joaquim Morão, presidente da Câmara de Castelo Branco aborda a questão da construção daquela via que, em perfil de auto-estrada, fará a ponte com a A23 e com a auto-estrada que já está a ser construída em Espanha, entre Madrid e a fronteira portuguesa, junto às Termas de Monfortinho.

Para o presidente da Câmara, não há qualquer dúvida sobre a importância estratégica dessa via. “Hoje temos a A23 que nos aproxima do litoral e da capital portuguesa, mas ao mesmo tempo, com o IC31 ficaremos também mais perto de Madrid. Há um dado que não pode ser esquecido pelos portugueses. Espanha está a fazer a auto-estrada até à nossa fronteira. O troço até Plascência está concluído, vai arrancar a ligação até El Batain, e depois até Cória. Ou seja falta pouco tempo para termos a auto-estrada espanhola junto à nossa fronteira”.

Com o IC31, Castelo Branco ganhará, no entender de Joaquim Morão, uma nova centralidade. “Com a A23 já ganhámos outra centralidade, não só para com Lisboa, mas também com o norte do país. Todo o trânsito que se faz para Norte é por aqui que passa. Com a ligação a Espanha, pelo IC31, ficaremos com uma via estratégica e importante para Espanha e a sua capital”.

Trabalho de casa

Como já tinha referido ao Reconquista, aquando da classificação do IC31 como via estratégica para a Região centro, Joaquim Morão, assegura, que a Câmara de Castelo Branco tem “estado a fazer o trabalho de casa no que respeita a essa matéria. Todos nós aspiramos a que essa via seja construída”. Ao lado da autarquia albicastrense surge a de Idanha-a-Nova, com a qual tem existido um excelente entendimento.

O autarca lembra que na última cimeira entre os governos dos dois países, realizada no final do último mês, em Braga, ficou decidido que o estudo prévio do IC31 iria ser feito. Uma notícia já avançada pelo Reconquista, na altura, em que o autarca albicastrense sublinha esse comprometimento
Fonte : Reconquista



Por outro lado ( e do outro lado ) há já algum tempo que " nuestros hermanos " anseiam pela construção deste eixo rodoviário.


Mapa IC31 ( P.R.N. 2000 ) e Mapa IC 31 ( Diário Hoy )

Registo para a Edição Reconquista de Edição de 04-12-2008

Espanhóis reclamam IC 31

O alcaide de Alcantara deu voz ao descontentamento espanhol face ao atraso português em avançar com o IC 31, um itinerário que fará a ligação de Castelo Branco a Termas de Monfortinho, permitindo assim a ligação da actual A23 com a autovia espanhola de ligação a Madrid. Fernando Acosta aproveitou a cerimónia de ratificação de fronteiras entre os dois países que decorreu no passado fim de semana em Idanha-a-Nova (onde marcaram presença perto de uma dezena de ayuntamientos do país vizinho) para dar conta desta necessidade.

“Neste território temos de fazer uma frente comum para o desenvolvimento e nesse caminho o projecto do IC 31 é fundamental porque esta infraestrutura faz muita falta e pode ajudar imenso esta zona da península”. Do mesmo modo, insistiu na ideia de que o IC 31 não é um fim em si mesmo e que “outros projectos comuns se devem levar por diante nesta zona raiana”.

Palavras que o presidente da Câmara de Idanha sublinhou, na medida em que esse é um projecto que contribuirá para valorizar todo o território, mas também o valioso património natural e cultura desta zona, lembrando que “esta luta já vem do tempo em que lutávamos pela construção da ponte de Monfortinho, da concretização do Projecto do Tejo Internacional e de coisas que hoje fazemos em conjunto como os projectos para a área do Rio Erges que são comuns”. Álvaro Rocha realçava assim o bom entendimento que tem existido sempre com os municípios espanhóis, destacando também o trunfo chamado Geoparque Naturtejo como um bom exemplo a seguir pelo país vizinho.

O autarca idanhense aludiu ainda à necessidade de os espanhóis se envolverem mais na realização da Feira Raiana, procurando dar um renovado fôlego ao projecto já na próxima edição que terá lugar do lado português.

Fonte : Reconquista


Agora coloca-se uma questão : Se o partido vencedor das próximas Eleições Legislativas for o actual maior partido da oposição , poderá haver um volte-face quanto às intenções de avançar já em 2010 , com este importantíssimo eixo rodoviário para a nossa Região ?

Fica finalmente um registo para a Edição Reconquista 10-04-2008


O presidente do PSD diz que a construção do IC 31 não é a solução para todos os problemas de desenvolvimento do distrito de Castelo Branco. Luís Filipe Menezes esteve dois dias no distrito para conhecer a realidade local e na passagem pela romaria de Sr.ª de Mércoles, em Castelo Branco, reconheceu a importância desta ligação a Espanha mas propõe algo mais. "Não podemos reduzir o desenvolvimento desta zona do país à questão da construção de uma estrada", afirma Menezes, que sugere medidas que passem pela fixação de serviços públicos no interior ou um maior equilíbrio a nível fiscal. Para o presidente do PSD “não podemos ter uma diferença de quatro pontos percentuais no IVA” em relação a Espanha e por isso sugere uma harmonização nas taxas.

Luís Filipe Menezes diz que investir no interior “é uma questão de inteligência económica”, tendo em conta os milhões de potenciais consumidores que se encontram do outro lado da fronteira.

Questionado sobre outro tipo de incentivos, como a manutenção do sistema SCUT na Auto-Estrada da Beira Interior, o presidente do PSD mantém a visão dos seus antecessores e sugere a adopção de uma solução técnica que não penalize os cidadãos locais. Luís Filipe Menezes lembra que as SCUT – que estão sobretudo no litoral - já custaram ao Estado cerca de 700 milhões de euros nos últimos anos, factura que daria para descer os impostos. Em comparação recorda que a recente descida do IVA em 1 por cento custa 450 milhões de euros.

Fonte : Reconquista

É do conhecimento público , as divergências entre o ex-Presidente do Partido e a actual , Manuela Ferreira Leite . Além disso , sabe-se também que esta é contra muitas das obras públicas propostas pelo actual Governo...

Recordo apenas algumas das fronteiras luso-espanholas : no Minho via A3 com ligação em Valença/Tuy ; em Trás-os-Montes via A24 com ligação em Chaves à zona de Verín , ou ainda da zona de Bragança à A52 em Espanha ; na Beira Alta a de Vilar Formoso ; no Alto Alentejo a do Caia e no Algarve a de V.R.S.António com Ayamonte , entre muitas outras.
A Beira Baixa , em termos rodoviários , tem uma pobre oferta de vias de ligação a Espanha ( apenas em Monfortinho e Segura ) e para quem vem da A23 , o principal eixo rodoviário desta região , é algo cansativo ainda ter que percorrer ( pelo menos ) um 1h pela até chegar à fronteira.

Este IC31 chega tarde - já há quase 2 décadas que se fala na sua construção e é de extrema importância para esta região.

Arrow Haja Bom Senso , por favor !
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://alcains-aqui.forumeiros.com
HugoLeal ( AlcainsAqui )
Admin
avatar

Mensagens : 269
Data de inscrição : 03/06/2009
Localização : Alcains

MensagemAssunto: Re: IC31 avança em 2010   Sab Jan 23, 2010 8:29 am

Citação :
IC31 com traçados em análise

A construção do IC31, uma via em perfil de auto-estrada, entre Castelo Branco e a fronteira com Espanha, nas termas de Monfortinho, já está a ser estudado no terreno pela Estradas de Portugal. Para já são propostas 12 soluções de traçado, que o estudo de impacte ambiental irá analisar.

Por: João Carrega
21 de Janeiro de 2010 às 13:56h

A Estradas de Portugal está a estudar o melhor traçado para o IC31, uma via em perfil de auto-estrada, que ligará a A23 à fronteira com Espanha, nas Termas de Monfortinho. Segundo o Reconquista apurou, neste momento estão em análise 12 propostas de traçado, embora haja duas que certamente serão mais defendidas pela capital de distrito, já que colocarão o IC31 muito perto de Castelo Branco.

De acordo com os dados a que tivemos acesso, na opção 1, o IC31 ficará ligado à A23 no nó de Alcains, passando depois no vale de Luzia, a norte de Oledo, no vale de Oledo, ao lado de Penha Garcia, terminando na fronteira. A opção 1 é muito semelhante à primeira, mas o IC31 entronca na A23 num novo nó, junto à zona industrial de Alcains, entre aquela vila e a Lardosa, seguindo depois o mesmo percurso da primeira opção.

No caso da opção 1B, a ligação à A23 será feita no nó da Lardosa. A estrada vai depois coincidir mais à frente com o traçado da Opção 1. As restantes opções derivam todas das três primeiras, apresentando propostas mais a norte ou mais a sul, terminando junto à actual fronteira.

O avanço do estudo de impacte ambiental vem assim tornar clara a aposta de Portugal na construção daquela via. Recorde-se que, como o Reconquista anunciou em primeira mão, a construção daquela via foi integrada na concessão de estradas do Tejo Internacional, em Conselho de Ministros de 9 de Setembro de 2009.

O IC 31 foi mesmo considerado pelo Plano Regional de Ordenamento do Território, como uma via estratégica para a região centro do país. Para o presidente da Câmara, Joaquim Morão, não há qualquer dúvida sobre a importância estratégica dessa via. “Hoje temos a A23 que nos aproxima do litoral e da capital portuguesa, mas ao mesmo tempo, com o IC31 ficaremos também mais perto de Madrid. Há um dado que não pode ser esquecido pelos portugueses. Espanha está a fazer a auto-estrada até à nossa fronteira. O troço até Plasencia está concluído, vai arrancar a ligação até El Batain, e depois até Cória. Ou seja falta pouco tempo para termos a auto-estrada espanhola junto à nossa fronteira”.

Com o IC31, Castelo Branco ganhará, no entender de Joaquim Morão, uma nova centralidade. “Com a A23 já ganhámos outra centralidade, não só para com Lisboa, mas também com o norte do país. Todo o trânsito que se faz para Norte é por aqui que passa. Com a ligação a Espanha, pelo IC31, ficaremos com uma via estratégica e importante para Espanha e a sua capital”.

Fonte : Jornal Reconquista
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://alcains-aqui.forumeiros.com
 
IC31 avança em 2010
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» [BRA] [MBAC] 4º CBO (2010)
» Site Com Lista De Jogos De Luta Para PC
» Fs Global 2010 lançado
» Problemas com Microsoft Office 2010 Stater
» Officedroid - tutoriais avançados sobre android

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Há Alcains por aqui ! :: Geral Notícias-
Ir para: